Polícia canadense se desculpa após transmitir coletiva de imprensa com filtro de gatinho ativado

Polícia canadense se desculpa após transmitir coletiva de imprensa com filtro de gatinho ativado

A Real Polícia Montada do Canadá (RCMP), na Columbia Britânica, pediu desculpas depois de transmitir uma coletiva de imprensa sobre o assassinato de uma mulher americana e um australiano no Facebook Live com um “filtro de gatinho” de realidade aumentada, de acordo com o Daily Beast.

 

Segundo o BuzzFeed News, a sargento Janelle Shoihet disse durante a conferência na sexta-feira que a polícia declarou que a morte da mulher de 24 anos da Carolina do Norte, Chynna Noelle Deese, e seu namorado australiano de 23 anos, Lucas Robertson Fowler, foi suspeita. O casal foi encontrado morto (e com marcas de tiros) perto de sua van Chevrolet 1986 ao lado da rodovia 97 em 15 de julho, com as autoridades canadenses pedindo para quem tivesse visto o casal, a van, ou estavam na área no momento contatá-los para ajudar na investigação.